CMDS e parceiros discutem aporte adicional de recursos do PAA

Fotos: Luiz Neto
O Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável (CMDS), segmento ligado a Secretaria Municipal de Agricultura, Desenvolvimento Econômico, Recursos Hídricos e Meio Ambiente, e formado por diversas classes representativas da sociedade aurorense realizou, na manhã de quarta-feira, 30/Maio, no auditório da Casa da Cultura, no centro da cidade, evento de interesse dos agricultores familiares do município.

Na oportunidade, o público participante do evento sob a coordenação do seu legitimo presidente, José Dácio de Souza, abordou assuntos referentes ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA); Apreciação e parecer do Projeto 2018.2 do PAA; Homologação dos Fornecedores Agricultores Familiares e Entidades Beneficiárias.

As discussões ganharam ênfase depois que a Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) por meio da Coordenadoria do Desenvolvimento Territorial e Combate a Pobreza Rural enviou oficio ao prefeito municipal Júnior Macedo informando aporte adicional de recursos na ordem de R$ 35 mil para aquisição de alimentos de agricultores familiares no âmbito do programa de aquisição de alimentos compra com doação simultânea.

É importe ressaltar que nessa etapa o programa não aceita novos cadastros de entidades e nem de agricultores familiares com propostas e produtos a serem entregues conforme proposta no sistema da Secretaria do Desenvolvimento Agrário.

Em sua fala, José Dácio disse a principio que dos 184 municípios cearenses apenas 25 foram agraciados com o aporte adicional acima mencionado. O valor é fruto de sobra financeira do PAA referente ao ano de 2017, quando alguns produtores não conseguiram cumprir integralmente com suas demandas.

Dácio informou que o prazo para execução dessa segunda etapa do programa de aquisição de alimentos (PAA) e de apenas 45 dias. Disse também que 19 produtores estariam aptos a entregarem seus produtos, porém, constatou-se que 02 deles estão com documentação vencida, portanto, não poderão participar do certame.

Por fim, Zé Dácio destacou a importância da qualidade dos alimentos, devendo os agricultores familiares priorizarem pela higienização dos produtos. A paralisação nacional dos caminhoneiros também foi ressaltada pelo presidente da sigla competente, que inclusive falou acerca dos efeitos causados também em nossa Aurora.

Em Aurora, o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) é coordenado pela profissional Eliza Alves, que inclusive destaca a forte parceira com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) e Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA).



Assessoria de Comunicação