O Ceará somou seu segundo ponto na Série A do Campeonato Brasileiro em quatro jogos. Neste domingo, 6, em São Paulo, jogando um futebol organizado defensivamente, empatou por 1 a 1 diante do Corinthians e aguarda o fim da rodada para saber em qual colocação terminará. Já a equipe paulista alcançou sete pontos.


 O primeiro tempo começou com o Corinthians, dono da casa e com escalação formada de mais da metade de reservas, atacando em busca de abrir o placar e marcando a saída de bola do Ceará. Seguro, o time de Chamusca pouco permitia ao adversário e abriu o placar aos nove minutos. Elton ajeitou de calcanhar para Wescley. O meio-campista matou a bola no peito e sem deixá-la cair acertou lindo chute de fora da área para encobrir Cássio fazer 1 a 0, primeiro tento do Vovô na Série A desta temporada.

Com a vantagem, o Ceará passou a se preocupar muito mais com o sistema defensivo, mas deixou de atacar, até porque não conseguia armas contra-ataques. Enquanto isso o Corinthians pressionava em busca do empate e o técnico Fábio Carille colocou Jadson na vaga de Danilo. Bem postada, a zaga do Ceará impedia as jogadas com bola rolando, mas falhou justamente em um escanteio, permitindo ao zagueiro Henrique, de cabeça, igualar o marcador aos 40 minutos.

A segunda etapa começou movimentada. Elton por pouco não colocou o Ceará na frente ao arriscar de fora da área, mas Cássio fez grande defesa, aos três minutos. Logo depois Pedrinho sofreu falta de Richardson dentro da área - um pisão no pé - mas o árbitro não marcou pênalti. O time paulista também reclamou de outro pênalti: empurrão do zagueiro Luiz Otávio em Jadson.

Já com Mateus Vital em campo, o Corinthians seguia em busca da virada, e o goleiro Everson apareceu bem demais aos 14, 16 e aos 21, salvando o Ceará em chutes de Maycon, Jadson e Mateus Vital. Apenas aos 23 minutos o Ceará voltou a chutar ao gol de Cássio, mas sem perigo, com Juninho.

Para tentar dar mais agressividade ao sistema ofensivo, Marcelo Chamusca tirou o discreto Felipe Azevedo e colocou o estreante Hyuri. O jogo seguia no mesmo patamar, com o sistema defensivo do Vovô fazendo o possível, mas com o ataque sem força necessária para conseguir a primeira vitória do time na Série A 2018. Aos 36 minutos o Corinthians só não virou a partida porque Roger perdeu, de cabeça, oportunidade clara.

Já com Emerson Sheik no gramado - entrou na vaga de Pedrinho - o Corinthians seguiu em cima, mas foi o Ceará que teve boa chance para sair com a vitória, mas Rafael Carioca desperdiçou.

Fonte: O Povo


 
Top