Um policial militar e um dentista foram conduzidos na manhã desta sexta-feira (04), a 19ªDRPC por policiais da Delegacia Regional de Polícia Civil do Crato e da Controladoria Geral de Disciplina da Polícia Militar. Os dois segundo a polícia são suspeitos de forjarem a prisão em flagrante de uma pessoa no município.

De acordo informações colhidas junto a Delegacia Regional de Policia Civil do Crato, o militar de nome Azevedo, lotado no Serviço de Inteligência da 5ª Cia/2º BPM seria o responsável de efetuar a prisão da suposta vítima a mando do profissional identificado por Dr. Alexandre Demóstenes, proprietário de um consultório no centro da cidade do Crato.

Ainda segundo o que foi apurado junto a um agente da polícia civil cratense, no momento da abordagem o dentista possuía em sua posse uma pistola calibre 380 que foi apreendida. O policial militar e profissional de saúde foram apresentados ao delegado de plantão na DP do Crato que deverá determinar a devida apuração do caso.

Fonte: Caririceará

 
Top