Foto: Redes sociais
O mandante dos ataques, ocorridos no sábado (12) e domingo (13), contra dois ônibus e dois prédios públicos, na cidade de Juazeiro do Norte – Área Integrada de Segurança 19 (AIS 19) – foi conduzido à Delegacia Regional de Polícia Civil para ser ouvido e autuado pelos crimes, na manhã desta segunda-feira (14). Durante a operação deflagrada pelas forças de segurança, ontem, quatro suspeitos foram capturados, entre eles, um adolescente. Uma garrafa contendo um litro de gasolina foi apreendida. As prisões e a apreensão são oriundas de um trabalho policial rápido que, em menos de 24 horas, apresentou uma resposta à sociedade cearense.

Teógenes Vicente de Medeiros, 22 anos de idade, que já responde criminalmente por homicídio, roubo, porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas, se encontra recolhido na Penitenciária Industrial Regional do Cariri (PIRC) e foi ouvido na sede da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte. De acordo com as investigações, ele ordenou os ataques ocorridos na tarde e noite do sábado, e também na manhã do domingo.

As ordens de Teógenes foram cumpridas por quatro suspeitos capturados por meio de diligências desencadeadas pelas Polícias Civil e Militar, durante a manhã de ontem. Os profissionais de segurança seguiram até uma residência, no bairro João Cabral, onde havia a suspeita que o bando estivesse escondido. Foram presos: Daniel da Silva Sousa , 20 anos de idade, – com antecedente criminal por tráfico de drogas; Luiz Fernando Santos da Silva, 18 anos de idade, e Maciel da Silva Sousa, 20 anos de idade. Estes dois últimos sem antecedentes criminais. O quarto integrante se tratava do adolescente de 15 anos, que já responde a três atos infracionais por tráfico de drogas e receptação. Todos são investigados por integrar uma organização criminosa.

Após uma busca minuciosa na casa que pertence a Maciel, conhecido por “Cabecinha”, as equipes encontraram, no quintal do imóvel, uma garrafa contendo o líquido inflamável,que seria utilizado para a realização de novos delitos, conforme investigação. Ao serem indagados, todos negaram envolvimento.

Seguindo em revista às residências dos outros indivíduos, foram encontradas uma motocicleta de cor preta e dois capacetes.Conforme apurado nas imagens gravadas pelos próprios criminosos, que divulgaram os vídeos nas redes sociais,foi possível constatar que os infratores utilizaram um veículo semelhante na realização dos crimes. Além disso, as características físicas dos envolvidos, que aparecem nas gravações,auxiliaram na identificação de todos os partícipes. Um inquérito policial por crime contra a incolumidade pública e na Lei das Organizações Criminosas foi instaurados e as investigações permanecem. Uma sexta pessoa foi conduzida e ouvida, mas não foi comprovado o seu envolvimento nos ataques.

Ocorrências registradas

Na manhã de ontem, uma viatura que estava no estacionamento do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), no bairro Romeirão, foi incendiada por um suspeito que pulou o muro do local. Um caminhão também foi parcialmente queimado, mas as chamas foram controladas pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE). Já nesse sábado, foram três ocorrências.

À tarde, por volta das 12h30min, os bombeiros militares foram acionados para uma tentativa de incêndio contra o Teatro Marquise Branca, no bairro Santa Tereza. No local, foram encontradas quatro garrafas de coquetéis molotov, que não chegaram a danificar o prédio.

O segundo fato ocorreu por volta das 13 horas, quando dois homens em uma motocicleta entraram em uma garagem situada no bairro Franciscanos, derramaram um líquido inflamável e atearam fogo na sucata de um ônibus, que ficou parcialmente destruído. Por fim, em torno de 21h45min, na localidade de Limoeiro, dois homens entraram em um coletivo que faz a linha Juazeiro do Norte/Barbalha e exigiram que todos descessem. Em seguida, a dupla ateou fogo no ônibus. O Corpo de Bombeiros também compareceu ao local da ocorrência, onde debelaram as chamas.
 
Top