Bolsonaro é 'maluco', 'boçal' e 'um câncer a ser extirpado', diz Ciro

Foto: Reprodução
Ciro Gomes, pré-candidato do PDT à Presidência da República, partiu para cima de Jair Bolsonaro (PSL) nesta quarta-feira (06). Em sabatina do jornal "Correio Braziliense", Ciro chamou Bolsonaro de "maluco", "boçal", "despreparado" e "um câncer a ser extirpado".

Ciro criticou a resposta dada por Bolsonaro sobre tributação, em entrevista dada no mesmo dia. De acordo com o Ciro, o Brasil precisa ter uma tributação mais progressiva sobre herança e renda e é preciso "diminuir a incidência de impostos sobre a classe média, principalmente sobre o imposto de renda". "O líder nas pesquisas disse que não vai tributar herança, nada. Então, de onde virá o dinheiro? Vão entregar o cargo a um boçal, a um despreparado? Os democratas têm obrigação de chamá-lo de boçal e despreparado. E os democratas tem obrigação de extirpar esse câncer enquanto ainda pode ser extirpado", atacou Ciro.

Durante a sabatina, também sobrou para o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, no momento em que Ciro explicava sua proposta para a aposentadoria.

O pré-candidato propõe retirar do custo do regime da Previdência as aposentadorias rurais, que passariam a ser incluídas na conta do Tesouro. Seria criado um sistema de capitalização de aposentadoria, de caráter público. E propõe que todos tenham direito a um salário mínimo, tendo ou não contribuído. Ele disse que a transição será difícil e que ainda está calculando os impactos.

"É difícil, fácil é dar aula de sociologia, como o Fernando Henrique faz", disse Ciro.

Fonte: Extra