Ceará apresenta redução em roubos de cargas nos primeiros cinco meses de 2018

Fotos: SSPDS

Com informações da SSPDS

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) divulga, na tarde desta terça-feira (26), os detalhes da recuperação de uma carga de botijões de gás, avaliada em torno de R$ 150 mil, após uma investigação desenvolvida pela Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC), unidade especializada da Polícia Civil do Ceará (PCCE). Ainda durante a coletiva, o secretário da SSPDS, André Costa, divulga a redução no número de cargas roubadas em Fortaleza e no Ceará. Estiveram presentes também o delegado titular da DRFVC, Diego Barreto; a diretora do Departamento de Polícia Especializada (DPE), Rena Gomes; e o Comandante de Policiamento da Capital (CPC), Fernando Albano.

As diligências acerca do crime iniciaram após uma distribuidora noticiar, à Polícia Civil, a informação sobre um roubo de carga cometido na BR-222, na cidade de São Gonçalo de Amarante (AIS 11), no dia 20 de junho. De posse dos dados, a DRFVC chegou ao primeiro indivíduo, Handerson Sousa Nobre (28) – com três passagens por furto qualificado, duas por receptação e uma por roubo a residência -, que foi localizado trafegando pela Avenida Osório de Paiva, em uma motocicleta. Ao ser questionado sobre o carregamento roubado, Handerson alegou que era o negociador dos botijões e que não sabia a localização do material.


Com a prisão do primeiro suspeito, a Polícia Civil seguiu para a cidade de Maracanaú (AIS 12), no bairro Acaracuzinho, onde localizou um galpão abandonado, e momentos depois, outros dois suspeitos chegaram. Matheus Vasconcelos Melo (22), com passagem por receptação, e Antônio Klerton Duarte Marreiro (23), sem antecedentes, foram presos. Ambos estavam em uma motocicleta, que também foi apreendida. Após uma busca no interior do galpão, os policiais civis encontraram em torno de 500 botijões de gás. Todo o material foi encaminhado para a sede da DRFVC, onde um inquérito policial foi instaurado. O trio foi autuado em flagrante por receptação e associação criminosa.



Reduções em roubos de cargas

A atuação das forças de segurança no Ceará, por meio das Polícias Civil e Militar, tem refletido positivamente nas estatísticas de roubos de cargas em Fortaleza e no Ceará. Até maio de 2018, a redução foi de 21,9% no Estado, tendo sido registrados 155 casos nos cinco primeiros meses do ano passado contra 121 deste ano. Já em Fortaleza, a redução foi de 15,2%, com 67 casos em 2018, contra 79, em 2017.

Entre as ações policiais, se destaca o trabalho desenvolvido pela DRFVC, que resultou em 101 prisões e apreensões em flagrante por envolvimento nesse tipo de delito. Houve um aumento de 7,4% em comparação a 2017, quando foram 94 capturas. Entre os capturados, a delegacia especializada destaca dez suspeitos, que foram presos em 2018. Conforme investigações, a desarticulação desses grupos reflete diretamente na redução do roubo e receptação de cargas roubadas.

Presos em 2018



Estatísticas