Exame é liberado pelo SUS um mês após morte de paciente em Rio Preto-SP - Portal Aurora Notícias

Exame é liberado pelo SUS um mês após morte de paciente em Rio Preto-SP

Compartilhar
Estado de saúde do paciente diagnosticado com cirrose agravou e o tratamento da doença foi liberado depois
que Milton Peres Mian morreu. (Foto: TV Tem)

Um paciente diagnosticado com cirrose morreu enquanto aguardava por uma endoscopia pelo Sistema Único de Saúde (SUS), em São José do Rio Preto (SP).

Ele esperou pelo exame durante um ano e a família do paciente foi notificada sobre a disponibilidade da vaga depois da morte.

Milton Peres Mian, marido de Maria das Graças Peres, recebeu o diagnóstico em 2008. Foram anos de tratamento e acompanhamento médico, mas aos poucos a doença se agravou e desde julho de 2017 a família esperava por uma endoscopia pelo SUS, mas o exame nunca foi realizado.

No início de abril deste ano, ele ficou internado por 18 dias. No entanto, o paciente não resistiu. Apenas um mês depois da morte que o exame foi disponibilizado pelo SUS no Hospital de Base.

“A gente fica indignada, corremos atrás do exame e tinha de aguardar. Fui pessoalmente por várias vezes e falavam que tinha de esperar”, lamenta.  

Fonte: G1