Homem suspeito de matar idosa é preso em Tauá em menos de 24 horas após o crime - Portal Aurora Notícias

Homem suspeito de matar idosa é preso em Tauá em menos de 24 horas após o crime

Compartilhar
Foto: SSPDS

Em investigação da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), um homem suspeito da autoria do homicídio de uma idosa foi preso, na tarde dessa segunda-feira (18), no município de Tauá. Após a prática do crime, o indivíduo se evadiu do local sem levar nenhum objeto de valor, o que descartou a possibilidade de latrocínio, conforme investigação policial.

Francisca Aurora do Espírito Santo (91) foi encontrada por sua filha estirada no chão da sala já sem vida. As portas da residência não tinham sinal de arrombamento. De acordo com levantamentos dos policiais civis, o portão estava trancado e teria sido aberto pela própria vítima. Por volta das 16 horas, à filha da vítima saiu da casa para realizar trabalhos de evangelização na comunidade deixando sozinhos na propriedade, a mãe e o tio de 87 anos, um senhor debilitado fisicamente, com pouca audição e visão prejudicada, de acordo com apuração policial.

Quando retornou do trabalho religioso, a filha de Dona Francisca achou estranho o fato do portão estar aberto e logo em seguida encontrou o corpo de sua mãe na sala. De acordo com os levantamentos do local de crime, a vítima foi agredida com um pilão na cabeça e ainda foi constatada violência sexual.

Diante do exposto, equipes da Polícia Civil passaram a diligenciar para desvendar e solucionar o crime. Os agentes de segurança iniciaram apurando informações que pudessem apontar pessoas que estiveram na propriedade ou nas proximidades do local naquele intervalo de tempo. Foi quando a investigação chegou ao suspeito, mais conhecido como “Pica Pau“ e identificado como Matheus Ferreira da Silva, 18 anos, bisneto da vítima, sem passagem pela Polícia enquanto maior, mas que respondeu a atos infracionais quando menor, um por homicídio no Estado do Piauí e outro por roubo no Ceará.

A prisão aconteceu em menos de 24 horas da prática do crime. O criminoso confessou a autoria do crime motivado por razão fútil e foi encaminhado para a Delegacia Regional de Tauá, onde foi autuado por homicídio doloso.


SSPDS