Foto: Arquivo/Franzé de Aurora

Por Henrique Macêdo

O péssimo atendimento na agência do Banco do Brasil em Aurora virou rotina no município. Filas intermináveis, demora no atendimento e falta de dinheiro nos caixas eletrônicos são motivo de inúmeras reclamações de clientes da instituição financeira.

Ao serem averiguadas, foi constatado que a agência não está oferecendo os serviços com a devida qualidade.

Segundo um cliente, nos finais de semana a situação se agrava, onde a maioria dos caixas eletrônicos sequer possui dinheiro, envelopes para depósito e papel para impressão de extratos bancários. Também denuncia que os caixas eletrônicos só servem para consulta na tela.

O morador da zona rural do município, Tiago, relatou: “O Banco do Brasil vem tratando a população com descaso. Falta dinheiro nos caixas eletrônicos, principalmente fim de semana. A gente não sabe o que de fato está acontecendo. Não temos uma explicação do gerente da agência. O comércio passa por grande dificuldade, o dinheiro não circula’’, concluiu.

Outra reclamação é o descaso com os idosos que não possuem habilidades para manusearem os caixas eletrônicos no auto-atendimento. Aposentados e pensionistas relatam que faltam funcionários identificados para auxiliarem no saque de benefícios. Eles também chegam a ficar horas nas filas debaixo de um sol escaldante para tentar algum atendimento. 

Onde e como reclamar:

Os consumidores enfrentam diariamente problemas com Banco do Brasil de Aurora, para melhoria dos serviços é necessário lutar pelos seus direitos. Por isso, se algum problema ocorrer, reclame. Para isso é só seguir esses passos:

1 - Procure o banco e tente resolver amigavelmente.

É aconselhável reclamar por escrito. Fique com um comprovante da reclamação (protocolo do banco ou aviso de recebimento do correio).

2 - Ouvidoria:

Se o seu problema não for resolvido ou se demorar para ser atendido, procure a ouvidoria do seu banco.

0800 729 5678 Dias úteis das 8h às 18h
0800 729 0088 Para deficientes auditivos ou de fala

As reclamações direcionadas à Ouvidoria BB são analisadas e solucionadas por equipe especializada, no prazo regulamentar de até 10 dias úteis.

3 - Registre reclamação no Banco Central (BC).

É importante registrar a sua reclamação no Banco Central. Sua reclamação irá para a lista que é divulgada mensalmente e significa uma importante fonte de consulta para outros consumidores.

Por telefone: 0800-9792345,
por carta (BC - SBS Quadra 3 Bloco B - Ed. Sede - Caixa Postal: 08670 - CEP 70074-900 - Brasília – DF);
ou pela internet: www.bcb.gov.br

4 - Se o banco não resolver, procure o Procon-CE.

Endereço eletrônico: http://www.decon.ce.gov.br/atendimentos/atendimento.asp

5 - Procure a Justiça

Caso não haja solução diretamente ou via Procon, recorra à Justiça.

6 – Descaso com o idoso

Idosos com mais de 60 anos têm direito ao atendimento preferencial. A medida está prevista na lei 13.466, que altera o Estatuto do Idoso, foi sancionada pelo presidente da República, Michel Temer (MDB).

Caso você flagre fatos desta natureza, basta acionar o Ministério Público e fazer valer o Código de Defesa do Consumidor, o Estatuto do Idoso e a lei que regulamenta o atendimento bancário. A promotoria dos Idosos disponibiliza os telefones: (85) 3252-6391/ 3452-6352. A denúncia também pode ser feita através do Alô Idoso: 0800.285.0880, disque 156, ou procure a Promotoria de Justiça do Município.

Outra providência que você poderá tomar:

- Procure a imprensa (jornais, revistas, rádios). Muitos destes meios de comunicação têm espaços reservados para as queixas dos consumidores.

©Todos direitos reservados a auroranoticias.com. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível de ação judicial com base na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 dos Direitos Autorais.








 
Top