Acusado de homicídio é preso horas após o ato criminoso em Santana do Cariri



Em continuidade as diligencias em torno do crime de homicídio ocorrido na madrugada desta terça-feira (17), em Santana do Cariri a polícia militar deste município efetuou por volta das 14 horas no Sítio Latão, a prisão do individuo apontado como acusado da ação criminosa, este identificado como sendo o profissional autônomo Antonio Danilo Pereira Ribeiro, 21 anos, de apelido “Dodô”, residente à Rua Raimunda Ribeiro.

De acordo com o boletim policial, por volta das 03h45min de ontem, ele matou com três facadas na Rua Plácido Cidade Nuvens, em frente ao Calçadão o pedreiro Raimundo Nonato Taveira, o “Birrim” que residia na Rua São Pedro, 588 naquela cidade, lesionado no pescoço, coxa direita e na caixa torácica que morreu no local.

Ainda segundo que diz a policia, foi apurado que a vítima e acusado tinham uma intriga há algum tempo e de quando em quando, os dois entravam em discussão e até vieram a lesionar um ao outro, fato que gerou uma rixa entre ambos. Ainda segundo diz a policia, há informes que o pedreiro e profissional autônomo ficavam ameaçando um ao outro, fato que ensejou no homicídio.

Raimundo e “Dodô”, respondem procedimentos criminais por ameaça e lesões um contra o outro e vice versa. Após sua prisão, Antonio Danilo foi conduzido a Delegacia Regional de Policia Civil de Crato sendo autuado em flagrante delito pelo crime que é tido como autor. Em seguida ele foi encaminhado a cadeia pública de Santana do Cariri ficando a disposição da justiça.

Outra prisão por crime de homicídio.

MISSÃO VELHA. Um homem identificado por Antonio Mauro Pereira, de 42 anos foi preso por policiais civis da Delegacia de Missão Velha em cumprimento a Mandado de Prisão Preventiva da comarca daquele munícipio. A prisão ocorreu em município de Exu (PE). Ele é acusado de na madrugada do dia 24 de agosto de 2010 por motivos passionais mata sua mulher Maria Lucivania da Silva, de 16 anos, dentro de casa no Sitio Passagem de Pedra em Missão Velha. Após sua prisão, Antonio foi encaminhado à cadeia pública missão velhense estando a disposição do poder judiciário.

Fonte: Caririceara