Em Aurora, poços profundos perfurados pelo Governo do Estado obtém vazão satisfatória

O poço profundo da comunidade do Sítio Boa Vista apresentou vazão de 10.000 litros.
(Foto e vídeo: Emídio Clebson)
Por Henrique Macêdo

Procurando amenizar o problema da falta d’água nas comunidades rurais de Aurora e sensibilizado com o atual quadro hídrico vivenciado pelo município, após reunião com técnicos da área de recursos hídricos o governador Camilo Santana autorizou o início de uma operação para perfuração de poços profundos em localidades consideradas de difícil acesso ao líquido precioso. Em sua primeira etapa irá perfurar pelo menos 27 poços profundos, num total de 42, nas mais diversas comunidades assoladas pelos efeitos da longa estiagem.

O primeiro poço profundo a ser perfurado foi no Sítio Angico, aonde a vazão medida chegou a 8 mil litros. Ao todo 20 famílias serão beneficiadas naquela localidade. Na tarde desta quarta-feira (11), a empresa responsável pelos serviços começou a posicionar as máquinas para perfurar o poço profundo do Sítio Angico do Meio. Hoje, quinta-feira (12), pela manhã mais um poço foi perfurado, dessa vez no Sitio Boa Vista que obteve vazão de 10 mil litros.


Esta iniciativa faz parte do pacote de demandas enviadas ao governador por Fernando Santana na época em que era secretário de governo. Fernando Santana vem se destacando como um grande articulador entre o município de Aurora e o Governo do Estado. 

Vale ressaltar também o empenho da comitiva aurorense liderada pelo líder político Marcone Tavares, e composta pelo acadêmico de direito o jovem Emídio Clebson, os vereadores Iracilda e João Filho, e o defensor público Dr. Célio Saraiva, em buscar melhorias para os munícipes junto à esfera estadual através do trabalho conjunto e o diálogo com Fernando Santana.