Polícia Civil prende mais dois suspeitos de participação em homicídio no Sítio Calumbi, zona rural do município de Aurora.

Delegacia Municipal de Polícia Civil de Aurora. (Foto: Arquivo/Polícia Civil)

Por Henrique Macêdo

A Polícia Civil cumpriu mandados de prisão temporária expedidos pela Comarca de Aurora em desfavor de Nirlan Passos da Costa e Nivan Passos da Costa, ambos investigados por envolvimento no homicídio que teve como vítima Jaime Rodrigues de Araújo, 28 anos de idade. O crime ocorreu no último dia 1° de janeiro no Sítio Calumbi, próximo a CE-153, zona rural de Aurora.  No mês de junho, Diligências policiais resultaram na prisão de Damião de Oliveira Sousa, de 28 anos.

No dia do seu assassinato, Jaime havia saído de sua residência por volta das 19h00 após receber uma ligação telefônica, vindo a ser encontrado sem vida no final da madrugada do dia 2 de janeiro em um matagal às margens da rodovia estadual que dá acesso ao Sítio Calumbi, onde morava, ao lado de sua moto Honda CG 150 Fan ESI, cor preta de placa NTS-3900, ano e modelo 2010, inscrição de Juazeiro da Bahia.

O exame cadavérico feito na Pefoce em Juazeiro do Norte apontou o caso como uma execução sumaria, tendo em vista que Jaime sofreu vários disparos de arma de fogo na cabeça.

Após diligenciar em torno do fato, os policiais conseguiram identificar o número do celular do último contato que está cadastrado em nome de outras pessoas, mas, que Damião seria o dono e teria feito a ligação para Jaime.

Com o aprofundamento dos trabalhos investigativos, restou possível identificar os autores intelectuais/mandantes do crime.  Ainda de acordo com o inquérito, a motivação para o crime tem vínculos com o tráfico de drogas no município.

Os presos estão recolhidos na cadeia pública de Aurora e permanece à disposição do Poder Judiciário.

Outra ocorrência

Na manhã desta terça-feira (17), um ação conjunta entre a Polícia Civil de Aurora e Juazeiro do Norte resultou no cumprimento de mandados de busca e apreensão na zona rural do município. Durante as diligências, policiais localizaram em uma residência uma arma de fogo do tipo revólver calibre 38 e seis munições intactas. Em seguida, os envolvidos foram conduzidos até a delegacia onde foi lavrado auto de prisão em flagrante, sendo arbitrado fiança e após pagamento liberados.


A Policia Civil de Aurora/Barro dispõe de ferramentas interativas para o recebimento de denúncias.

A contribuição da população é essencial no combate ao crime. O sigilo é absoluto. DENUNCIE!

Canais da Delegacia:

WhatsApp: (88) 9.9983-0771

Facebook: www.facebook.com/delegaciamunicipal.deaurora


Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do Portal Aurora Notícias no (88) 99799-9345.