Fotos: Redes sociais

Na manhã desta quarta-feira (11), em continuidade as diligências em torno do crime de “derrame” de dinheiro falso no comércio assareense, a polícia militar através do destacamento de Assaré-CE obtive informações de que uma mulher apontada de envolvimento na ação delituosa estaria residindo no Bairro Pedra Ferrada, em Tarrafas-CE e solicitou apoio a PM deste município para prender a denunciada.

Por volta das 06h00min as equipes de militares, Sargento Bandeira, Soldados David e Barbosa do Destacamento de Assaré-CE e cabo Fernandes, soldados Ribeiro e soldados Aparecido Monteiro de Tarrafas, localizaram a envolvida no ato criminoso, Cícera Ferreira da Silva , mais conhecida por “Cristina“,  23 anos de idade, natural de Crato-CE, residente na Rua de Baixo, centro de Assaré-CE que confessou o delito de ter “passado” dinheiro falso no comércio de Assaré. De acordo os policiais que atenderam a ocorrência, no interior residência foram encontrados 02 papelotes de maconha de posse da irmã da “Cristina” Alana Ferreira de Castro, 18 anos de idade. No local também encontrava o foragido da justiça, Auriece Costa Valentim, 38 anos de idade, residente na Rua Cecílio Ricarte, 04, São Geraldo, Orós-CE.


De acordo com o sargento Bandeira, Auriece possui dois mandados de prisão preventiva em aberto, por crimes de tráfico de drogas, na comarca de Orós além de pertencente a facção criminosa conhecida como “PCC”, enquanto que “Cristina” já possui antecedentes criminais por tráfico de drogas e ameaça. Ainda segundo o militar, as duas irmãs delataram o nome de um comparsa identificado por Carlos Alberto Caetano dos Santos, vulgo “Neguinho Cajuí”, 23 anos de idade, também integrante da facção criminosa “PCC” residente na Rua Clóvis Paes de Castro, 225, Parque da Vaquejada em Assaré-CE.

Diante das informações colhidas as composições policiais se dirigiram a casa de “Neguinho Cajuí “ que foi pego de posse de 1,5 Kg de maconha prensada, 01 pedra de crack e uma balança de precisão. Os envolvidos foram conduzidos, juntamente com os itens apreendidos, a Delegacia Regional de Polícia Civil do Crato-CE onde foram autuados por crimes de tráfico de drogas e associação criminosa e permanecerão presos à disposição da Justiça da comarca de Assaré.

Fonte: Caririceara


 
Top