Violência no Ceará não poupa mulheres. Em 2018, 252 já foram assassinadas, sendo sete nas últimas 72 horas



Subiu para 252 o número de mulheres assassinadas no Ceará em 2018. Somente nas últimas 72 horas – entre domingo e terça-feira – sete mulheres foram mortas no estado, em crimes que ainda são objeto de investigação policial. Dos sete homicídios, cinco deles ocorreram em Fortaleza, nos bairros Barra do Ceará, Ancuri, Parque Rio Branco e Vila Velha 2. Neste último, duas jovens foram sumariamente executadas na noite desta terça-feira (3). Um suspeito do crime está preso.

A primeira mulher assassinada no mês de julho foi identificada como Maria Keiliane da Costa, 29 anos. O corpo dela, crivado de balas, foi encontrado na madrugada de domingo, por volta de 0h20, em um matagal nas margens de uma estrada vicinal que dá acesso ao distrito de Boiadas, na zona rural do Município de Coreaú, na Zona Norte do estado (a 275Km de Fortaleza).

Na segunda-feira (2), por volta de 3h40, o corpo de uma jovem foi encontrado com marcas de tiros na Rua Hildebrando de Melo, na Barra do Ceará, zona Oeste de Fortaleza. A garota morta não portava documentos, mas, segundo suspeitas da Polícia, o corpo pode ser uma jovem chamada Esmeralda, que havia sido seqüestrada por integrantes de uma facção criminosa. Em um áudio postado nas redes sociais, um bandido revela que matou a garota e já “soltou” o corpo, se referindo ainda a um inimigo de facção, chamado Leonardo, que seria irmão da mulher assassinada.

Também na segunda-feira (2), por volta de 13h10, uma mulher identificada como Rosimeire Ferreira da Costa, 28 anos, foi assassinada, a tiros, na Rua Capitão Porfírio, no bairro Ancuri, na Grande Messejana, na zona Sul da Capital. Moradores assistiam a partida entre as seleções do Brasil e do México quando ouviram estampidos, mas acreditavam que fosse fogos de artifício, no entanto, eram tiros disparados contra a mulher, cujo corpo ficou caído na porta de sua residência. Há suspeitas de que Rosimeire tenha sido morta por ordem de traficantes daquela área da cidade.

Já por volta de 14h20, também de segunda-feira, uma jovem de 23 foi baleada durante um confronto de criminosos no bairro Padre Andrade. O crime ocorreu na Rua Senador Álvaro Rodolfo. Francisca Renata Rodrigues foi baleada na porta de casa e, em estado gravíssimo, foi levada para o hospital “Frotinha” de Antônio Bezerra, na zona Oeste da Capital, mas não resistiu.

Mais vítimas

Na noite desta terça-feira (3), mais três mulheres foram assassinadas no Ceará, sendo duas em Fortaleza e outra no Interior. Um duplo homicídio ocorreu na esquina das ruas D e Beta, no bairro Vila Velha II, na zona Oeste de Fortaleza. Duas garotas que haviam apanhado um carro de aluguel através de aplicativo de celular no bairro Planalto Pici, foram executadas com tiros de pistola na cabeça. Até agora, apenas uma delas foi identificada. Tratava-se de Letícia de Sousa. Um suspeito do crime foi preso pela PM. O crime teria sido motivado pela guerra entre facções.

Também na noite de ontem (3), uma mulher foi assassinada, a tiros, no Município de Itapiúna, na Região do Maciço de Baturité (a 99Km de Fortaleza). O crime ocorreu por volta de 20h10. A identificação da vítima não foi revelada pela Polícia.

Com informações do jornalista Fernando Ribeiro