Balanço do final de semana aponta três mortes violentas na região do cariri

Foto: Reprodução / WhatsApp
Por Henrique Macêdo

Três pessoas morreram de forma violenta no fim de semana na região do cariri, conforme o balanço das ocorrências policiais registradas entre o último sábado (25) e o começo da madrugada de segunda (27). Os óbitos ocorreram nos municípios de Crato, Assaré e Potengi, sendo decorrentes de acidente de trânsito, homicídio e afogamento.  Neste levantamento não são contabilizadas as mortes em consequência de quedas e suicídios.

Entre as mortes do fim de semana, um caso de homicídio ocorrido na noite de sábado, por volta das 22h00, na Rua Sete de setembro, comunidade do Gesso, Bairro Pinto Madeira, em Crato. Ali, o Agente de saúde, Gilberto Alves Tavares, 45 anos de idade, conhecido como “Betim da Sucan”, foi executado com seis disparos de arma de fogo, sendo quatro na região do tórax, um no rosto e outro na mão esquerda.  De acordo com a Policia, a vítima não possuía antecedentes criminais.

Uma hora e meia depois, na Rodovia Estadual CE 176 que liga o Distrito de Aratama a sede de Assaré-CE, a violência no trânsito vitimou um jovem aposentado de 28 anos. Segundo informações, Marcolino Silvestre da Silva, conhecido por “Galego”, trafegava pela rodovia no sentido da sede do município em uma moto Honda POP de cor branca, sem placa, quando perdeu o controle do veículo em uma curva, vindo a colidir numa barra de proteção metálica, tendo morte instantânea.

No domingo, por volta das 10h00 da manhã, o professor da rede pública municipal de Araripe-CE, Luiz Paulino Neto, 33 anos, faleceu após afogar-se nas águas de um açude do Sítio Alecrim, zona rural de Potengi. De acordo com a esposa da vítima, Juliane Alves de Brito, ambos faziam uma travessia numa canoa quando em dado momento o transporte virou. A mulher conseguiu nadar até as margens do reservatório, porém o seu marido submergiu nas águas, não havendo chances de ser ajudado pela companheira ou por terceiros.