Bolsonaro demite ‘assessora fantasma’ que vende açaí em Angra dos Reis

Foto: Orlando Brito

O deputado e presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ) demitiu nesta terça-feira, 14, a assessora fantasma Walderice Santos da Conceição, a “Wal” citada por seu concorrente Guilherme Boulos. Desde 2003 Walderice consta como uma dos 14 funcionários do gabinete parlamentar do político, em Brasília, recebendo por mês o salário bruto de R$ 1.416,33. O acumulado dos salários dos anos todos no cargo chega a mais de R$264 mil.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, Walderice foi flagrada vendendo açaí em comércio que leva seu nome, na vila de Mambucada, em Angra dos Reis.

Bolsonaro disse ter recebido nesta segunda (13) uma ligação de Wal pedindo demissão “A Wal, coitada, sofreu pressão. Teve dignidade de pedir demissão. Fico até chateado porque ela precisa, pessoa pobre. Está comigo há mais de 10 anos”, afirmou ele. O deputado fala que demitiu a funcionária por ser um caminho mais fácil.

O candidato à presidência contou que, como tem casa na cidade fluminense “há uns 25 anos” muita gente o procura para levar problemas da região, sendo Walderice a pessoa encarregada de filtrar as demandas. Segundo moradores locais o marido dela, Edenilson, presta serviços de caseiro ao deputado.

Fonte: Portal Badalo