O Partido dos Trabalhadores (PT) oficializou, neste domingo, em Fortaleza, a candidatura de Camilo Santana ao cargo de governador do Ceará. Para compor a chapa às eleições 2018, manteve-se o nome da atual vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, do Partido Democrático Trabalhista (PDT).

"O Ceará hoje é referência na educação brasileira. Vamos continuar ampliando o número de escolas em tempo integral. O Ceará é o estado que tem o maior número de escolas em tempo integral no Brasil. Vamos ampliar o Programa Avance e o Centro Cearense de Idiomas. Queremos zerar a evasão das escolas no Ceará", disse o candidato.

Na convenção, que contou com a participação de políticos e militantes do partido, o PT anunciou a manutenção de aliança com o PDT.

Propostas

Entre outras propostas, o candidato destacou:

- Ampliar o número de escolas em tempo integral no Ceará;
- Ampliar o Programa Avance (para estudantes universitários vindos de escolas públicas) e o Centro Cearense de Idiomas;
- Aumentar o número de Unidades de Pronto-Atendimento (UPA) em Fortaleza e no interior.

Trajetória

Camilo Santana, de 50 anos, natural de Crato, no Cariri cearense, é candidato a reeleição como governador do Ceará. Ele venceu as eleições de 2014 no segundo turno, com 53,35% dos votos. Antes disso, em 2010, foi eleito deputado estadual do Ceará e também atuou como Secretário do Desenvolvimento Agrário e Secretário das Cidades durante o governo Cid Gomes.

Fonte: G1 CE

 
Top