Bolsonaro lidera primeira pesquisa após atentado com 30% das intenções de votos

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) lidera nova pesquisa eleitoral divulgada na manhã desta segunda-feira (10) com 30% das intenções de voto. O levantamento, encomendado pelo BTG Pactual e feita pelo Instituto FSB durante o fim de semana, foi o primeiro realizado após o atentado contra o candidato.

Atrás do capitão da reserva, o presidenciável com maior preferência do eleitorado é Ciro Gomes (PDT), com 12%. Abaixo seguem empatados tecnicamente, com 8%: Marina Silva (Rede), Geraldo Alckmin (PSDB) e Fernando Haddad (PT). O levantamento não levou em consideração a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, determinado inelegível pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ao fim de agosto.

Os candidatos João Amoêdo (Novo), Alvaro Dias (Podemos) e Henrique Meirelles (MDB) chegaram a 3% na enquete; Guilherme Boulos (PSOL) e Cabo Daciolo (Patriota) têm apenas 1%. Entre os eleitores, 13% disseram que não devem votar em ninguém, 3% afirmaram votar em branco ou nulo, 7% ainda não sabem em quem votar e 1% não responderam.

Entre os entrevistados que declararam interesse em votar em Bolsonaro, 78% disseram à pesquisa se tratar de uma decisão definitiva — outros 22% disseram que ainda podem mudar de candidato.

Ao todo, 2 mil pessoas foram entrevistadas por telefone, entre os dias 8 e 9 de setembro, nas 27 unidades da federação. A margem de erro é de dois pontos percentuais. A pesquisa foi registrada no TSE com o número BR-01522/2018.

Bolsonaro levou uma facada no abdômen na última quinta (6) enquanto participava de ato de campanha em Juiz de Fora (MG). Ele foi submetido a uma cirurgia e ainda está hospitalizado, em estado estável.

Fonte: yahoo noticias