Defesa de Lula pedirá liminar ao STF para garantir candidatura - Portal Aurora Notícias

Defesa de Lula pedirá liminar ao STF para garantir candidatura

Compartilhar
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) insistirá na estratégia de enfrentamento e esticará a defesa de sua candidatura até as últimas possibilidades. Nesta terça-feira (4), os advogados pedirão liminar ao Supremo Tribunal Federal (STF) para derrubar decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que, na madrugada do último sábado (1°), que barrou o petista na corrida presidencial.

A informação foi repassada pelo vice da chapa, Fernando Haddad (PT), a jornalistas em frente à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR), onde Lula está preso desde abril.

Haddad disse que a defesa peticionará dois recursos extraordinários, nas esferas eleitoral e criminal, para que Lula tenha o direito de registrar sua candidatura, sem a necessidade de substituição no prazo de dez dias, como estipulado pelo TSE.

Ainda nesta segunda (3), segundo ele, os advogados do ex-presidente também peticionarão ao Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) manifestação sobre a decisão do TSE, que barrou a candidatura de Lula a despeito do posicionamento favorável do grupo ao petista.

O vice da chapa também afirmou que cancelou agenda no Rio Grande do Sul nesta segunda para voltar a São Paulo e realizar os últimos ajustes na propaganda eleitoral.

"Para que nossa campanha de rádio e TV e rede social esteja estritamente de acordo com as exigências da decisão [do TSE]", disse. De acordo com a determinação do tribunal, Lula pode aparecer em apenas 25% do programa.

A reunião também contou com os advogados de Lula, Cristiano Zanin Martins, Valeska Teixeira Zanin Martins e Luiz Fernando Casagrande Pereira. O encontro teve início pela manhã e estendeu-se pela tarde, com um intervalo para o almoço.

Fonte: Diário do Nordeste / Foto: AFP



Nenhum comentário:

Postar um comentário