Exército planeja a locação dos militares que fiscalizarão as eleições no Ceará e Piauí

O comandante da 10ª Região Militar, General de Divisão Cunha Mattos, afirmou, durante o desfile cívico-militar em comemoração ao 7 de setembro, na manhã desta sexta-feira (7), em Fortaleza, que o planejamento para a distribuição do pessoal da tropa federal que dará seguranças nas eleições do Ceará e do Piauí nesta eleição “já está sendo feito”.

A requisição das tropas para o Ceará foi feita pela presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargadora Nailde Pinheiro Nogueira no último dia 22 de agosto. Segundo o comandante, “mais de cinco mil homens estarão nos dois estados”, Ceará e Piauí.

“Todo o planejamento já está sendo feito, tanto no Piauí quanto no Ceará, e certamente nós teremos um aporte de tropas do Comando Militar do Nordeste aqui nos dois estados, de modo a ter o efeito necessário para atender a garantia de votação e apuração nos dois”, afirmou, em entrevista. O General Cunha Mattos ressaltou que o papel do Exército no pleito será de “coibir o crime eleitoral”.

A requisição de tropas federais para a eleição contempla, no Ceará, cinco municípios: Fortaleza, Caucaia, Maracanaú, Sobral e Juazeiro do Norte.

Fonte: Edson Silva / Diário do Nordeste / Foto: Helene Santos