Fernando Santana defende voto livre e consciente durante ato de campanha

O candidato Fernando Santana 13222 defendeu na noite de ontem, 12, durante encontro realizado com cerca de 200 formadores de opinião atuantes em diversas áreas do setor econômico de Juazeiro do Norte, o voto livre e consciente como ferramenta necessária para mudanças que o país precisa sofrer a partir de janeiro do próximo ano.

Na avaliação do candidato, é preciso conscientizar o eleitorado de que toda e qualquer pressão imposta por quem disputa cargos majoritários e proporcionais em pleitos eleitorais constitui-se em ato nocivo não apenas ao processo democrático, mas, à própria sociedade.

“As pessoas não podem votar se sentindo pressionadas. Infelizmente, a gente acaba recebendo de algumas pessoas, nessas caminhadas que fazemos durante a campanha, notícias de que há candidatos que exercem, de uma forma ou de outra, algum tipo de pressão para fazer com que o eleitor o apoie e defenda seu número nas comunidades. Essa forma de fazer campanha é completamente errada. Não se pode admitir que o eleitor seja manipulado ao exercitar sua democracia plena que é, justamente, o voto”, ressaltou Fernando Santana.

Durante o encontro, organizado pelo casal Paulo e Andrea Landim, empresário e médica, respectivamente, o candidato também refletiu sobre como a “boa” política afeta a vida das pessoas.

“Abaixo de Deus, a única forma que nós temos de ajudar a melhorar a vida das pessoas é através da política. É através da política que a gente melhora a Saúde, que se constrói um hospital regional como esse que nós temos aqui [no Cariri] para atender as pessoas mais necessitadas, com todos os gastos pagos pelo Governo do Estado. É através da política que melhoramos a Educação, onde das 100 melhores escolas do Brasil, 82 são do Ceará, fruto de um grande trabalho iniciado lá atrás pelo então governador Cid Gomes e ampliado e melhorado pelo governador Camilo Santana13; que se avança na Assistência Social que nós temos, é a Segurança Pública, que aqui e acolá a gente reclama, mas, o governador que mais investiu na Segurança Pública, na história do Ceará, foi o governador Camilo Santana 13”, afirmou o candidato, lembrando que os problemas ainda vivenciados pelo setor são ocasionados pelo narcotráfico.

“Quem manda na nossa insegurança é o tráfico de drogas. O tráfico é quem financia toda essa barbárie que acontece no país e no mundo. Repito, nós temos o governador que mais investiu em equipamentos, no lado humano, fez um concurso para a Polícia Militar e chamou todos os concursados e todos os remanescentes para que pudéssemos nos sentir mais seguros, o investimento foi feito. Mas, o grande problema é o tráfico de drogas. O Ceará não produz droga. A droga vem toda de fora, entra pelas fronteiras. E quem tem que cuidar e resguardar as fronteiras é o Governo Federal. Aqui dentro do Ceará o governador tem feito um esforço sobre humano para que todos possam se sentir mais seguros”, concluiu Fernando Santana.

Ascom