Fortaleza joga mal, perde para o Sampaio Corrêa e acumula quatro jogos sem vitórias na Série B - Portal Aurora Notícias

Fortaleza joga mal, perde para o Sampaio Corrêa e acumula quatro jogos sem vitórias na Série B

Compartilhar
Um time apático, desorganizado e que não é nem sombra do que chegou à liderança da Série B do Brasileiro. Esse é o retrato do Fortaleza atualmente. Com mais uma atuação ruim, o Tricolor foi novamente derrotado na noite desta sexta-feira, 14, por 1 a 0 pelo Sampaio Corrêa, lanterna da competição.

Agora o time de Rogério Ceni já acumula quatro partidas sem vitórias, com três derrotas e um empate.

Com o resultado, o Tricolor segue com 47 pontos e na liderança da tabela, mas pode ver a vantagem na primeira colocação cair ainda mais neste sábado, 15, já que adversários diretos ainda entrarão em campo.

O Fortaleza volta a campo na próxima sexta-feira, 21, para enfrentar o Vila Nova, às 21h30min, na Arena Castelão. O confronto é crucial, tendo em vista que o time goiano ocupa atualmente a 4ª colocação, com 43 pontos.

O JOGO

O primeiro tempo foi marcado por muita transpiração e pouca inspiração, e saiu na frente do placar o time que teve mais vontade.

Bem que esse time poderia ter sido o Fortaleza, não tivesse Bruno Melo desperdiçado cobrança de pênalti aos 22 minutos. Marcinho fez excelente jogada individual e foi derrubado na área, mas o goleiro Andrey defendeu a cobrança do camisa 6 Tricolor e frustrou a única boa chance do Leão na etapa inicial.

O time da casa, embora inferior tecnicamente, foi quem teve as melhores oportunidades. Aos 25 minutos, Fernando Sobral fez jogada pela esquerda da defesa do Fortaleza e cruzou na área, já indicando que o caminho seria pelas laterais do Leão. A bola passou na frente do gol de Boeck e só não entrou por falta de um pé que colocasse a pelota pras redes. O que não faltou aos 42 minutos.

Em desatenção, Felipe perdeu a bola no meio de campo para Fernando Sobral, que chutou na trave. A bola bateu nas costas de Marcelo Boeck e Bruninho mandou pras redes, colocando o time da casa antes do intervalo.

Na segunda etapa, o Fortaleza teve muito mais posse de bola (60% x 40%), mas apresentou enormes dificuldades de criação. Sem infiltração e com Marcinho muito mal, foram pouquíssimas oportunidades criadas, que culminaram na 8ª derrota do time na Segundona.

Apesar de mais uma ruim atuação e derrota, o Tricolor ainda usufrui da liderança mais uma rodada graças à gordura que obteve anteriormente e pela incompetência dos adversários. Por méritos próprios, há algumas rodadas que não é.


Fonte: O Povo / Foto: Lucas Almeida - L17 Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário