Jiu-Jitsu: Vevé Manchinha de Ingazeiras para o mundo - Portal Aurora Notícias

Jiu-Jitsu: Vevé Manchinha de Ingazeiras para o mundo

Compartilhar
Mesmo sem patrocinadores e sem o previsível estardalhaço da imprensa já que se mantêm um tanto distante dos holofotes midiáticos, ele vem conseguindo se destacar em sua categoria como um dos melhores atletas do Jiu-jitsu em sua categoria, não somente do interior cearense, mas inclusive, pontuando entre os melhores do Nordeste. Prova disso é o número de vitórias que tem alcançado em quase todas as competições que participou ao longo dos anos pelo país afora. Dentre os quais, os títulos de campeão brasileiro CBLP, Campeão panamericano CBLP. Ainda uma quinta colocação no mundial da CBJJE, bi-campeão nos desafios de lutas casadas realizadas no Cariri. Como também foi medalha de ouro no subjj de Fortaleza até 76kg e obteve prata na mesma competição desta feita na categoria absoluta Livre.

Foi ainda bicampeão nos open de Cajazeiras-PB e do Cariri, bem como campeão no The Best Fighters na capital cearense, campeão nos Open de Conceição-PB, do Sertão de Araripina-PE, campeão do Norte-Nordeste 2018, Vice campeão brasileiro sem kimono CDLP e vice-campeão na copa Piaui, entre outros.

Trata-se do jovem Wéverlin Fernandes - o Vevé Manchinha, 24 anos natural do distrito de Ingazeiras, município de Aurora-CE. Um jovem realmente apaixonado pelo jiu-jitsu que desde tenra idade mostrou aptidão e desenvoltura para os esportes de contato em geral, mas que terminou optando para esta categoria em que tem se destacado na região e no além-fronteira.

Ex-aluno do não menos famoso professor faixa preta e lutador de MMA do Cariri Sávio Montenegro, como se não bastassem as muitas dificuldades para conseguir recursos a fim de treinar e puder participar das competições distantes - Vevé Manchinha vem também travando fora do tatame uma outra luta, quer seja, a de conseguir conciliar treinos, competições e estudos, já que é estudante do 5º período no curso de farmácia na cidade de Juazeiro do Norte onde atualmente reside.

Apaixonado pela sua Ingazeiras onde até hoje residem os seus pais, Vevé Manchinha sempre que pode retorna nos finais de semana para rever amigos e familiares, além de matar um pouco da saudade da terra de Aldemir Martins e Alcymar Monteiro onde nascera.

Sua notória dedicação ao esporte parece ter de algum modo o ajudado a superar os obstáculos além das diversas dificuldades ante a sua caminhada de sucesso até o momento.

Se tivéssemos necessariamente que dá outro nome a este atleta do povo ingazeirense o chamaríamos sem sombra de de dúvidas simplesmente de "superação". Como se percebe logo na primeira conversa com Vevé, é a sua confiança, sua motivação inabalável para prosseguir lutando. Um atleta movido certamente pela força incomensurável da determinação. Tudo isso o torna por assim dizer, um predestinado para vencer sempre.

Um atleta com este inegável potencial não pode continuar sem um patrocinador efetivo que o faça progredir ainda mais dentro do atual e futuro contexto de lutas do Brasil e do exterior.

O jovem atleta Vevé precisa urgentemente de ajuda financeira a fim de que continue crescendo ainda mais no rol das suas muitas conquistas. E assim continuar muito bem representando por este país afora: Ingazeiras, Aurora, o Cariri, o Ceará, o Nordeste.

Como de resto, não seria normal, tampouco razoável que um raro talento como este possa permanecer lutando sozinho sem nenhum tipo de ajuda para que consiga evoluir ainda mais assegurando novas motivações de alegrias e de vitórias ao esporte brasileiro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário