Na ida das semifinais, mineiros vencem fora de casa e Corinthians empata com Flamengo no Rj - Portal Aurora Notícias

Na ida das semifinais, mineiros vencem fora de casa e Corinthians empata com Flamengo no Rj

Compartilhar
O Cruzeiro está um passo mais próximo da final da Copa do Brasil. Ontem, a Raposa visitou o Palmeiras no Allianz Parque, em São Paulo, em confronto de ida da semifinal da Copa do Brasil, e venceu por 1 a 0, com tento anotado pelo ex-palmeirense Barcos e leva a vantagem para o jogo decisivo. Já no Maracanã, no Rio de Janeiro, o Corinthians mostrou dedicação e organização defensiva para segurar o 0 a 0 com o Flamengo, que tentou pressionar até o fim da partida.

No jogo na capital paulista, a emoção foi até o minuto final. Antônio Carlos chegou a empatar para o Verdão, mas a arbitragem anulou o gol e não aceitou a consulta ao Árbitro de Vídeo (VAR). O placar fora aberto ainda aos 4 minutos do primeiro tempo, quando quatro palmeirenses falharam na marcação e o Cruzeiro abriu o placar com Barcos, que desencantou após jejum de 11 jogos.

O palmeirense Dudu tentou drible no ataque e perdeu a bola, Diogo Barbosa demorou na recomposição e Edu Dracena precisou cobri-lo na esquerda. O zagueiro, junto com Thiago Santos e Bruno Henrique foram envolvidos em tabela de Thiago Neves com Robinho, que deixou Barcos na cara do gol para tocar na saída de Weverton.As melhores (e únicas) oportunidades do Alviverde no restante da primeira etapa aconteceram logo após o gol sofrido, com Dudu, Willian e Borja. O jogo ganhou contornos dramáticos já aos 36 minutos da etapa final, quando o Cruzeiro ficou com um jogador a menos. Muito pressionado pelo Cruzeiro antes de a bola rolar, Wagner Reway deu toque de mão de Edilson em finalização de Willian fora da área. O cruzeirense seguiu reclamando com a arbitragem, recebeu a segunda advertência e acabou expulso. A pressão palmeirense culminou no gol de Antônio Carlos, mas o tento foi anulado por Reway.

No Rio, o Corinthians entrou em campo com a clara proposta de barrar as investidas do habilidoso meio-campo adversário. No primeiro tempo, o Flamengo tentava pressionar, enquanto o Timão buscava aproveitar bobeadas rubro-negras. A melhor chance veio de vacilo de Lucas Paquetá, que recuou mal para Diego Alves. A bola foi interceptada por Clayson, que finalizou com perigo.

No segundo tempo, o Flamengo era só ataque e buscava marcar com a bola parada principalmente escanteios. Na melhor oportunidade, Ralf, na linha da pequena área, evitou finalização de Réver. Ao todo, o Flamengo teve 12 tiros de canto contra nenhum do Corinthians. Os minutos finais foram de pressão intensa, mas sem grandes finalizações dos donos da casa, vaiados pela sua torcida.

JOGOS DE VOLTA

Corinthians x Flamengo - 26/9 (quarta), às 21h45min, na Arena Corinthians

Cruzeiro x Palmeiras - 26/9 (quarta), às 21h45min, no Mineirão

Fonte: O Povo com Gazeta Esportiva / Foto: Eduardo Amim - AE

Nenhum comentário:

Postar um comentário