Prefeito Dr. Júnior Macedo envia projeto para a Câmara, que institui insalubridade de 20% aos ACS's

A Câmara Municipal de Aurora votará na próxima quarta-feira (05), o Projeto de Lei do Executivo que institui adicional de insalubridade para os Agentes Comunitários de Saúde. O adicional corresponde a 20% do valor do salário base estabelecido para o cargo.

O projeto esteve presente na pauta da sessão ordinária do último sábado (01), e foi encaminhado às comissões por não ter sido enviado pelo Executivo em caráter de urgência.

A decisão de Aderlânio se deu em cumprimento ao Regimento Interno (RI) da Casa.

O referido projeto do Executivo surtirá efeito a partir de 01 de junho deste ano, portanto, independentemente da data de aprovação, os Agentes Comunitários de Saúde em hipótese alguma sofreriam prejuízos.

Nesta segunda-feira (03) o Chefe do Executivo, o prefeito Dr. Júnior Macedo enviou ofício à Câmara alterando o regime de tramitação da matéria para urgente, urgentíssima, para que Aderlânio, amparado pelo Regimento Interno pudesse convocar uma sessão extraordinária para apreciação do projeto.

Em entrevista ao Jornal da Sol Nascente nesta segunda-feira, o vereador Aderlânio Macedo lamentou o fato de alguém interpretar de forma errada seu posicionamento e reafirmou eu jamais será contra os servidores confirmou que uma sessão extraordinária será realizada na próxima quarta-feira (05), às 18:00h na sede do Poder Legislativo.

Assessoria de Comunicação / Renato Brito / Foto: Renato Brito