Acusado de matar jovem e jogar corpo em lixão em Caririaçu vai a julgamento nesta terça

Jefferson Matteus Aguiar é suspeito de matar Sayure Alves Nobre, de 18 anos, em Caririaçu 
Foto: Divulgação

Mais de um ano depois, teve início, na manhã desta terça-feira (27), o julgamento de Jefferson Mateus Aguiar Luciano, acusado de matar a jovem Sayure Alves Nobre, 18 anos, na cidade de Caririaçu, na Região do Cariri cearense. O tribunal do júri foi improvisado na câmara de vereadores da cidade. Ainda não há uma previsão de horário para que a sentença seja proferida.

A vítima foi morta com um tiro na cabeça no dia 11 de agosto de 2017. O corpo da jovem foi encontrado por populares em um lixão do município.

Após o crime, Jefferson Mateus se tornou o principal suspeito a partir dos depoimentos de familiares de Sayure Alves à polícia na época. Ele estava então com 19 anos e estaria iniciando um relacionamento com Sayure.

Segundo a família da vítima, ao sair de casa, a vítima teria dito que iria encontrar Jefferson. Ele foi preso seis dias depois.

Julgamento

Câmara dos vereadores de Caririaçu foi transformada num tribunal do júri e dividida entre espectadores contra e a favor do acusado. — Foto: Edson Freitas / TV Verdes Mares Cariri

A câmara da cidade foi dividida em duas partes para o julgamento. De um lado, apoiadores de Jefferson acreditam na inocência do suspeito e, do outro, amigos e familiares de Sayure pedem por justiça.

"Eu ainda estou muito abalada e despedaçada por dentro, por ver tudo isso e não poder fazer nada", lamenta Isabel Cristina, 41, mãe da vítima.

O tribunal do júri deve prosseguir ao longo desta terça-feira.

Fonte: G1 CE