Ceará bate Paraná, volta a vencer no Brasileirão e fica a uma vitória da permanência


A comemoração do alívio. Vovô termina período sem vitórias 
(Foto: Julio Caesar/O POVO)

O jejum acabou. Depois de quatro partidas sem vencer, o Ceará voltou a triunfar na Série A do Campeonato Brasileiro. A vítima da vez foi o rebaixado Paraná, em um Castelão lotado, em jogo válido pela 36ª rodada da competição. Juninho, de pênalti, marcou o gol alvinegro ainda no primeiro tempo, dando números finais em 1 a 0 ao placar. No fim do segundo tempo, os visitantes tiveram um pênalti a favor que não foi marcado.

Com a vitória, o Ceará fica com 42 pontos na tabela de classificação, caindo para 15º. Cai uma posição porque o Vasco venceu por dois gols de diferença, ultrapassando no saldo de gols. Com essa pontuação, o Alvinegro fica com quatro pontos de distância da zona de rebaixamento. O primeiro no Z-4 agora é o Sport, com 38. O Paraná continua com os seus 22 na lanterna.

A próxima rodada, de número 37, acontece no fim de semana. O Vovô viaja, em avião fretado, ainda nesta sexta-feira, 23, para visitar o Atlético-PR no domingo, 25, às 16h. O Paraná, por sua vez, joga na segunda-feira, 26, contra o Botafogo no Rio de Janeiro. Ambos horários de Fortaleza.

O JOGO

A partida começou com os dois times conseguindo fechar os espaços e evitando que o adversário pudesse criar alguma chance de perigo. Tanto que a primeira oportunidade de susto de gol aconteceu aos sete minutos, em cobrança de falta fechada do Paraná. Arthur raspou de leve e a bola saiu em escanteio. Com dez minutos, os visitantes apareceram em jogada rápida. Juninho recebeu dentro da área, girou e bateu. No ato, acabou perdendo o equilíbrio e errou o chute.

Quando o relógio marcava 21 minutos, Calyson recebeu bola longa de Juninho e, cara a cara com o goleiro, acabou batendo para defesa de Richard. Passados dois minutos, em jogada bem parecida, Carvalho serviu Calyson novamente. No mesmo lado esquerdo, o ponta arrematou para nova defesa do arqueiro visitante. Um minuto depois, Arthur, em jogada individual, conseguiu chegar na linha de fundo e fazer cruzamento rasteiro para trás, mas ninguém apareceu para bater ao gol.

A principal chance no primeiro tempo do Ceará que não foi gol aconteceu aos 28 minutos. Leandro Carvalho cruzou para a área e Arthur, de cara com o goleiro, bateu para defesa de Richard. Com 31 minutos, o Alvinegro teve pênalti marcado depois da bola resvalar na mão do Jesiel. Juninho foi para a cobrança, colocou a bola no lado oposto ao do goleiro e abriu o placar aos 32. Depois disso, o jogo deu uma esfriada até os acréscimos, quando Calyson parou novamente em Richard quando arrematou para o gol.

O segundo tempo começou como foi no primeiro: com o Paraná tendo mais a bola e aparecendo com algum perigo. Logo no início, um cruzamento foi motivo de susto no Castelão, mas a jogada não terminou em gol. A primeira vez que o Alvinegro quase marca na etapa final foi com Luiz Otávio, aos sete minutos. O zagueiro subiu mais alto que a marcação, mas mandou a redonda para fora.

Com 18 minutos, Arthur fez jogada individual usando da sua força e velocidade. Contra três marcadores, o atacante só parou no goleiro Richard, que se antecipou e ficou com a bola. Aos 30, Ricardinho recebe bola dentro da área, domina e arremata com força, mas o esférico sai por cima do gol. COm 37, Felipe Azevedo recebe cruzamento na área e cabeceia com perigo visando a meta, mas redonda sai em linha de fundo. Antes do fim do jogo, em jogada anti-natural, a bola bateu na mão de Luiz Otávio.

FICHA TÉCNICA DE CEARÁ 1 X 0 PARANÁ

Data: Quinta-feira, 22/11/2018

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)

Horário: 20h (horário de Fortaleza)

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)

Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

Assistentes adicionais: Thiago Luiz Scarascati (SP) e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP)
Público/Renda: 48.077/R$ 541.183,00

Cartões amarelos: Calyson, 17 min. 2T. Luiz Otávio, 26 min. 2T. Alesson, 32 min. 2T.
Gol: Juninho, 32 min. 1T (pen).

Ceará (4-2-3-1): Éverson; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio, Felipe Jonatan; Edinho, Juninho; Leandro Carvalho (Felipe Azevedo), Ricardinho, Calyson (Cardona); Arthur (Ricardo Bueno). Técnico: Lisca.

Paraná: (4-2-3-1): Richard; Wesley, Jesiel, Renê (Charles), Igor; Jhonny Lucas (Alesson), Alex Santana, Vilela; Andrey, Felipe Augusto, Juninho (Keslley). Técnico: Dado Cavalcanti.

Fonte: O Povo