Filme aurorense “Evangelho Segundo Moas” mostrará histórias reais sobre o uso de drogas

As filmagens acontecerão em diversos pontos de Aurora
Foto: Divulgação

Por Henrique Macêdo – Redação Aurora Notícias

Aurora - Uma ficção inspirada em histórias reais sobre o uso de drogas, desde as lícitas, até mesmo ilícitas. Essa é a proposta do filme aurorense "Evangelho Segundo Moas", que será gravado em Aurora, a 69 quilômetros de Juazeiro do Norte, e tem estreia prevista para acontecer até o fim de 2019.

A trama mostra o que leva o uso das drogas em vários aspectos, as influências que podem causar, além de mostrar a relação da sociedade em geral, em especial a cristã para com esses dependentes.

De acordo com o diretor do filme, Lamarck Dias, a ideia do longa-metragem é levar para as telas de forma artística um problema real. Para ilustrar isso, além da trama principal, o filme também conta com o testemunho de ex-usuários, provas vivas de que existe solução para o problema.

“Temos o contexto cultural do cinema em nossa região, onde junto com o conterrâneo Lamarck Dias começamos acreditar no potencial da nossa região. Portanto o filme surge com uma preocupação social, com uma experiência de vida e tentando contribuir com a cultura”, contou o irmão Kassyano Santos, um dos idealizadores do filme.

Produção independente, " Evangelho Segundo Moas" conta com uma equipe de 50 pessoas, sendo 10 atores. Além da idealização do irmão Kassyano Santos, o filme é roteirizado por Isaac Sena, com direção de Lamarck Dias. A Coordenação do Departamento de Mídia, Imagem e Comunicação fica por conta de Wesley Leite.

De acordo com Kassyano, a escolha dos atores locais está sendo feita através de um curso com oficinas de atuação no cinema, com aulas semanais

"Além de muitos atores formados da nossa região (CE, RN, PB) e outros contratados, temos o foco de valorizar os talentos de Aurora. Por isso abrimos inscrições para um curso com oficinas de atuação no cinema, com aulas semanais, onde poderemos instruir esses que já tem o desejo e talento e com isso garimpar atores. As oficinas são nas terças feiras, às 18:00h na ABA", frisou.

Além da equipe local, o filme também contará no seu elenco com nomes conhecidos da televisão.

“O personagem principal é o Moacir (Apelido Moas) o qual tem seu nome no título do filme. Quanto a quem vai interpretar esse personagem não temos isso fechado, todavia é bem verdade que estamos negociando com atores da Globo e alguns contratados do SBT, quando estivermos com o contrato assinado vamos informar”, afirma Kassyano Santos.

As filmagens acontecerão em diversos pontos de Aurora, em sua maioria na zona urbana (igrejas, casas e restaurantes) e algumas poucas cenas na zona rural. Atualmente, o projeto segue na fase de conclusão de roteiro de cenas e falas. O filme deverá ter em torno de 1 hora e meia de exibição.

O filme genuinamente aurorense conta com os apoios institucionais da Associação Evangélica Aurorense (AEA), COPLEA , Prefeitura Municipal de Aurora, entre outros.

“Para a construção de um projeto tão grande é preciso muita ajuda, por isso contamos com todos, povo cristão (evangélico, católico, espírita e etc.), pois o filme mostra que o olhar de amor e compaixão pelo próximo é uma forma de esses dependentes enxergarem uma saída, ou seja, contamos com o apoio de todos, buscando parceria com a iniciativa privada (onde esperamos maior parte do recurso) e de tantas outras áreas, como figuras públicas e etc”, finaliza Kassyano.

A produção ainda estuda onde acontecerá a estreia do filme, mas o planejamento é que ele aconteça em Aurora e depois rode por todo estado, no formato ainda a ser divulgado.

Faça o Aurora Notícias conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (88) 99799 9345.