Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Vídeos

TV Diário do Sertão

Mais Acessadas

Pesquisar

Justiça mantém prisão dos oito suspeitos de participar de tentativa de ataque a bancos em Milagres

Suspeitos de participar da tentativa de assalto a bancos em Milagres serão ouvidos nesta terça-feira (18), em Juazeiro do Norte. — Foto: Isaac Macedo/TV Verdes Mares

A Justiça manteve a prisão dos oito suspeitos de participar da tentativa de assalto a dois bancos em Milagres, que deixou 14 pessoas mortas. Os homens passaram por audiência de custódia na manhã desta terça-feira (18), no Fórum Juvêncio Santana, em Juazeiro do Norte. Mantida a prisão, devem retornar à Penitenciária Industrial Regional do Cariri (PIRC), onde vão aguardar julgamento.

Na madrugada do último dia 7 de dezembro, um grupo criminoso armado e com reféns tentou assaltar duas agências bancárias da cidade de Milagres, na Região do Cariri do Ceará. Houve intensa troca de tiros e 14 pessoas morreram. Segundo a Secretaria da Segurança do Ceará, das 14 vítimas, seis eram reféns e outras oito criminosos. Dos reféns, cinco pertenciam a uma mesma família.

Durante a audiência de custódia, a segurança no Fórum foi reforçada. O local foi alvo de ataques de criminosos, que atiraram coquetéis molotov contra o prédio. O grupo também teria atentado contra a sede do Demutran e incendiou uma ambulância em Juazeiro do Norte. A Polícia não confirmou se os ataques têm relação com a audiência dos suspeitos.

Dos oito presos, um é cearense, identificado como Cícero Rozeli da Silva Caldas (34), e dois são de Sergipe: Robson José dos Santos (36), e Gian Sidney Wynne Santos (25). Os três foram autuados por integrar organização criminosa e roubo. Segundo a polícia, os outros cinco são suspeitos de tentar facilitar a fuga do restante da organização criminosa.

Fonte: G1 CE

Cariri

Comentários