Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Vídeos

TV Diário do Sertão

Mais Acessadas

Pesquisar

Suspeito de participar de assassinato de jovem em Barro e ocultar o cadáver é preso pela Polícia Civil de Aurora

José Bruno Diniz Alencar – Foto: Polícia Civil

Por Henrique Macêdo – Redação Aurora Notícias

Aurora - A Polícia Civil do Estado do Ceará, através da Delegacia Municipal de Aurora, no cariri, prendeu nesta segunda-feira (17), José Bruno Diniz Alencar, suspeito de ter participado do homicídio que teve como vítima Ariclébio José Feitosa. Segundo a polícia, José Bruno se apresentou espontaneamente na DP hoje pela manhã. Contra ele havia um mandado de prisão de prisão preventiva.

O crime

Ariclébio José Feitosa Armindo, na época com 19 anos, desapareceu de sua residência, no Distrito de São Félix em Mauriti, no dia 4 de julho de 2016. O seu corpo foi encontrado três dias depois em avançado estado de decomposição com várias perfurações a bala às margens da estrada vicinal de acesso ao Sítio Trapiá na zona rural de Barro perto da divisa com Mauriti. Ele era suspeito de envolvimento com furtos e roubos.

Outras prisões

Denílson Diniz Araújo, de 22 anos, Cícero Aprígio de Oliveira, de 23, e Iranilton Dias de Oliveira, de 31 anos - Foto: Polícia Civil

Além de José Bruno, as investigações também apontaram como autores do crime do assassinato Denílson Diniz Araújo, de 22 anos, Cícero Aprígio de Oliveira, de 23 anos, e Iranilton Dias de Oliveira, de 31 anos, que já haviam sido presos pela polícia civil em maio deste ano. Denilson foi preso no Itaberaí, estado de Goiás. Concomitantemente, em Aurora, os policiais prenderam Cicero Aprígio e Iranilton Dias.

Os presos encontram-se recolhidos e permanecem à disposição do Poder Judiciário.

A Polícia Civil de Aurora dispõe de ferramentas interativas para o recebimento de denúncias e conta com o apoio dos munícipes para o combate efetivo ao crime.

Canais da Delegacia:

WhatsApp: (88) 9.9983-0771

Fixo: (88) 3543-1832


As informações serão tratadas com absoluto sigilo, preservando sempre o anonimato do denunciante.

Para o delegado Paulo Hernesto o recurso ajudará a Polícia Civil nos trabalhos da instituição, além de tonar um instrumento de ligação com a comunidade.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do Portal Aurora Notícias no (88) 99799-9345.

Policial

Comentários