Balanço do final de semana aponta cinco mortes violentas na região do cariri

As mortes ocorreram nos municípios de Mauriti, Barro, Jardim, Porteiras e Barbalha.
 Foto: Arquivo

Por Henrique Macêdo – Redação Aurora Notícias

Cariri - Cinco pessoas morreram de forma violenta no fim de semana na região do cariri, entre a última sexta-feira (11) e o começo da madrugada de segunda (14), conforme os registros das autoridades da Segurança Pública. Foram três óbitos decorrentes de acidentes de trânsito, um homicídio e um afogamento. As mortes ocorreram nos municípios de Mauriti, Barro, Jardim, Porteiras e Barbalha. Neste levantamento não são contabilizados os óbitos em consequência de quedas e suicídios. O balanço, porém, ainda é parcial.

A primeira morte foi registrada por volta das 20h20min da última sexta-feira (11). O agricultor José Ranevagner dos Santos Higino, de 30 anos de idade, morreu ao colidir a motocicleta que pilotava, uma Honda CG 125 TITAN de cor verde, ano 2001/01 de placa KMB-6851-CE, contra uma vaca na CE – 397, próximo ao Distrito do Coité, em Mauriti. Ele ainda chegou a ser socorrido por populares para o hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos, falecendo minutos depois.

No sábado (12), um pescador de 45 anos de idade morreu afogado quando fazia a travessia de um açude em Barro. Segundo o registro policial, por volta das 14h, Francisco Francelino Ferreira estava com familiares pescando no açude do Sítio Ouricuri. Ele tentou atravessar o reservatório nadando, mas ao chegar ao meio do manancial, cansou e acabou morrendo afogado. Francisco morava no Sítio Oitis, na zona rural de Milagres.

Minutos depois, um jovem de 19 anos de idade morreu num dos leitos do Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte, após sofrer um acidente de trânsito no Sítio Gitirana, onde residia, na zona rural do município de Jardim. Dias atrás, a vítima identificada como Alex Expedito de Lima, trafegava em sua motocicleta pela localidade quando o sinistro aconteceu. Ele sofreu graves ferimentos, sendo socorrido e levado ao HRC, onde morreu por volta das 14h25min.

Já na manhã do domingo (13), em Porteiras, por volta das 11h, Cícero Sebastião Franklin, mais conhecido por “Cícero de João”, que neste sábado, dia 12, completou 41 anos de idade, morreu numa colisão entre motocicletas próximo ao parque de vaquejada Alberto Miranda, distante aproximadamente dois quilômetros da sede do município. Ele guiava a moto Honda CG 125cc TITAN KS, na cor vermelha, ano 2003, de placa KLC-1343, inscrição de Petrolina/PE, com destino a sua residência no Sitio Cancela, quando se envolveu numa colisão com a moto Dafra Kansas150cc, ano 2008, cor prata de placa DZR-6274, inscrição da cidade de Petrolina/PE, guiada por um aposentado que não teve o nome repassado a imprensa. Em razão da violência do impacto da colisão, “Cícero de João” morreu na hora, enquanto a outra vítima foi socorrida para o hospital e não corre risco de morte.

Por fim, também no domingo (13), em Barbalha, por volta das 21h50 min, o servente de pedreiro Eduardo Júnior da Silva, 22 anos, foi morto a facadas no estabelecimento denominado “Bar de Antônio de Júlia”, situado à Vila dos Silva, no Sitio Estrela, zona rural do município. Segundo o registro policial, após uma discussão por motivos banais durante uma bebedeira, o acusado identificado como Antônio Ramalho Bezerra Nascimento, 26 anos, desferiu três golpes de faca contra Eduardo Júnior, sendo duas vezes, no pescoço uma crânio, fugindo em seguida. O servente de pedreiro foi socorrido por populares ao Hospital São Vicente de Paulo, onde faleceu ao dar entrada no setor de emergência. Horas depois, Antônio Ramalho foi preso pela Polícia Militar na Avenida Leão Sampaio, próximo ao Posto de Combustíveis Sagrado Coração de Jesus. Ele ainda estava de posse da faca utilizada para tirar a vida de Eduardo Júnior. Também foram presos, Vanderley Tavares Fernandes Souza, e Luiz Rodrigo Freitas de Oliveira, suspeitos de dar fuga ao homicida veículo Corsa de Cor Prata.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do Portal Aurora Notícias no (88) 99799-9345.