Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Vídeos

TV Diário do Sertão

Mais Acessadas

Pesquisar

Câmara Municipal de Aurora realizou a 40ª Sessão Ordinária do 1º Período Legislativo do ano de 2019 na manhã deste sábado(16).

Foto: Larissa Chagas

A Câmara Municipal de Aurora reuniu-se neste último sábado(16) na 40ª Sessão Ordinária do 1º Período Legislativo do ano de 2019. A sessão contou com a presença de 7(Sete) dos 11(Onze) Vereadores com assento na casa. Estiveram ausentes: Olavo Batista dos Santos, Silvio Bezerra Benício, Antônio Wilton dos Santos e Maria Iracilda Leite Saraiva.

A pauta da sessão contou com 7 requerimentos escritos e 4 verbais, sendo todos aprovados. Um Projeto de Lei do Legislativo nº 002/2019 de autoria do Presidente da Casa, o Vereador Budu, um Projeto de Lei do Executivo nº001/2019 e um Projeto de Resolução nº 003 da Mesa Diretora, sendo todos encaminhados para as comissões.

Foram discutidos diversos assuntos de interesse do povo entre os quais destacou-se as blitz e apreensões de motos sem placas, realizadas nos últimos dias, através do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte(DEMUTRAN).

Durante a palavra dos Vereadores, o Vereador Osasco protestou diante da administração municipal e destacou que o Prefeito conseguiu o feito inédito com as apreensões, dando impacto ou quase parando o município nos últimos dias. O mesmo ainda enfatizou que o DEMUTRAN não está agindo corretamente em estar fiscalizando apenas as motocicletas. A discussão foi mantida entre os Edis, e o Vereador Aderlânio relatou que as Blitz são importantes na apreensão de motos roubadas em circulação no município, sendo assim, não via culpa totalmente do prefeito, e que talvez o mesmo não soubesse das fiscalizações. Relatou também ser contra as apreensões, mas que precisa verificar a melhor maneira de resolver a situação.

A discussão prosseguiu entre os Vereadores, e o Presidente finalizou sobre o DEMUTRAN, deixando marcado o espaço para que o representante do órgão compareça a próxima Sessão Ordinária, assim mantendo toda a população informada. O mesmo frisou que a Lei na qual institui o DEMUTRAN, foi de 2009, assim, as regras não foram aprovadas pela Câmara, sendo regulamentado pelo CTB (Código de Trânsito Brasileiro).

O Vereador ainda enfatizou mais uma vez sobre a perda do recurso do FUNDEB e solicitou que fosse enviado o Projeto com o reajuste salarial para os servidores, sobretudo, finalizou sobre o Projeto que trata dos reajustes dos servidores para que dê entrada na casa, e que marcará a audiência pública para tratar o plano de Cargos e Carreiras e remuneração dos Servidores Públicos e Municipais. 

Câmara Municipal de Aurora

Aurora

Comentários