Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Vídeos

TV Diário do Sertão

Mais Acessadas

Pesquisar

Médico acusado de lesionar criança de 11 meses com pedrada na cabeça em Crato é preso a mando da justiça

Alcides Muniz Gomes de Matos Filho - Foto: Reprodução

Por Henrique Macêdo - Redação Aurora Notícias

Policiais Civis da 19ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Crato, no cariri, deram cumprimento de mandado de prisão expedido pela comarca local em desfavor do médico Alcides Muniz Gomes de Matos Filho, acusado de ter atirado e ferido gravemente uma criança com uma pedrada na cabeça e seu genitor, a pauladas e com uma máquina de choque.             

Uma equipe da delegacia de Crato, coordenada pelo Delegado Diogo Galindo, conseguiu prender o médico por volta das 06h30 da manhã desta quinta-feira (28), quando ele estava fazendo exercícios físicos em uma academia da cidade. Dr. Alcides poderá responder por tentativa de homicídio e lesão corporal gravíssima, tendo em vista que a criança já passou por duas intervenções cirúrgicas e passa por complicações.

Relembre o caso

No último dia 19 de fevereiro, médico e genitor da criança identificado por Humberto se envolveram numa discussão por atrás da trás da policlínica, no bairro Mirandão, em Crato, por conta de uma dívida de R$1.000. Na ocasião, segundo o Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia Regional de Policia Civil daquele município, Dr. Alcides teria se armado com um pedaço de pau e o pai do bebê com um canivete, quando entraram em vias de fato. Quando Humberto caiu no chão, o médico pegou um pedaço de pau maior e continuou a espancá-lo, momento em que a esposa do pai da criança saiu do carro e veio em seu socorro trazendo o filho nos braços quando Dr. Alcides atirou uma pedra em direção a mulher, vindo a atingir a criança na região da cabeça.

Enquanto Humberto socorria o filho, o médico lhe agredia com pauladas nas costas, para em seguida ir até o carro onde pegou um teaser de choque vindo aplicar nas costas do seu desafeto.

A criança foi socorrida ao Hospital São Camilo, em Crato, mas devido a gravidade da lesão sofrida, foi encaminhada ao Hospital Santo Antônio de Barbalha, onde passou por duas cirurgias e se encontra em coma induzido.

Versão do médico

Na última quinta-feira (21), Dr. Alcides Muniz Gomes de Matos Filho divulgou um vídeo nas redes sociais dando a sua versão sobre o fato.



Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do Portal Aurora Notícias no (88) 99799-9345.

Policial

Comentários