Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Vídeos

TV Diário do Sertão

Mais Acessadas

Pesquisar

“Pré-candidato eu sempre fui em Aurora, sempre fui e sempre serei", afirma o advogado Reginaldo Macedo

 Reginaldo Gonçalves de Macedo foi entrevistado na manhã desta quarta-feira, 6 de fevereiro, na Rádio Boa Esperança FM. 
(Foto: Reprodução/Facebook)

Por Henrique Macêdo – Redação Aurora Notícias

O advogado Reginaldo Gonçalves de Macedo foi entrevistado na manhã desta quarta-feira, 6 de fevereiro, no Programa do Edigler Pessoa da Rádio Boa Esperança FM 99,5. Na ocasião, o jurista afirmou ser pré-candidato a prefeito de Aurora.

“Pré-candidato eu sempre fui em Aurora, sempre fui e sempre serei. Enquanto em não for candidato em Aurora, enquanto eu não disputar uma eleição em Aurora o meu sonho vai continuar”, afirmou o advogado.

Dr. Reginaldo Macedo diz que a cada dia se prepara para disputar a cadeira da prefeitura da Terra do Menino Deus, no entanto a sua candidatura depende de uma série de questões.

“A cada dia eu me preparo pra disputar a eleição, para gerir bem o município, mas eu sempre fui muito pacato, muito humilde e sempre aceitei que existiam pessoas a minha frente, que estavam mais tempo em contato com o povo, mesmo porque eu passei praticamente dez anos em Fortaleza para conseguir a formação em direito, e por conta disso eu simplesmente aceitei, trabalhei para que as pessoas que estão no meu grupo político chegassem o poder. Agora, vai depender de uma série de fatores para eu ser candidato”.

De acordo com o jurista, só o tempo vai dizer quando ele vai se posicionar mais firme e transparente com a população.

“As vertentes políticas de Aurora são várias. Os caminhos políticos são inúmeros. Os grupos políticos estão se diversificando, estão se ramificando e por conta disso eu não sei quantos candidatos terão em Aurora. Eu prefiro me resguardar, eu prefiro fazer pesquisas pra saber dessa envergadura da condição de aceito pela população de Aurora para poder me posicionar de uma forma mais firme e mais transparente com a população. Por enquanto, é uma vontade, é um sonho, é um desejo que a qualquer momento poderá vir à tona”.

Sobre o seu relacionamento com as lideranças políticas de oposição e situação, Dr. Reginaldo afirma não existir distanciamento, briga ou intriga, e que o seu desejo é fazer aquilo que não fizeram aperfeiçoar o que foi feito e retirar o que é de ruim.

“O meu relacionamento não só com quem esteve, ou com quem está no poder, é um relacionamento confortável, não existe distanciamento, briga ou intriga, assim como não existe briga ou intriga com quem faz oposição. Eu não tenho nenhum arranhão na política de Aurora. Eu sou aceito seja por A, seja por B, seja por C, eu tenho contato com a oposição. Eu transito livremente em Aurora por todos os lados. Eu não tenho nenhum problema a respeito da política de Aurora, politicamente, profissionalmente não tenho nenhum problema e nem familiarmente. O nosso desejo é fazer aquilo que não fizeram aperfeiçoar o que foi feito e retirar os vícios da política”.

Em relação a um possível apoio ao ex-prefeito Adailton Macedo, caso ele se candidate, ou a reeleição do prefeito Júnior Macedo, o advogado diz que não existem obstáculos para apoiá-los. Ele também reitera não haver nenhum empecilho para apoiar outro candidato, e que a pretensão é seguir aquilo que for melhor para Aurora.

A política de Aurora passa por um momento de transformação. Dizer que eu não votaria em Adailton, dizer que eu não votaria em Júnior seria precipitado. Nós estamos praticamente há um ano, sete meses, oito meses da eleição, então eu diria que não existem nenhum obstáculo para apoiá-los ou votar neles, assim como não existe nenhum obstáculo para apoiar ou votar em outro candidato. Nós estamos conversando com pessoas que tenham interesse por Aurora para que a gente chegue a um denominador comum que seja bom para Aurora, que siga aquilo que for melhor para Aurora, e se nós decidirmos que o melhor para Aurora é apoiar Adailton, nós vamos apoiar Adailton.

Caso fosse eleito, ele ressalta que a sua administração seria baseada na oitiva.

Eu gosto do debate, eu gosto mais de ouvir do que falar. Se eu chegasse ao poder, daria um microfone à população. Eu convidaria os agricultores para saber como eles gostariam de ser geridos. Eu convidaria os médicos, em fim a parte da saúde, para saber como resolver os gargalos da saúde do município. Eu convidaria os empresários, comerciantes pequenos e médios pra dizerem no que o município pudesse ajudar. Eu convidaria todas as religiões para usar do microfone para entendermos como fazer o melhor principalmente por aquelas pessoas que estão na beira do abismo, ou já no abismo, como alcoólatras, drogados e outros meios ilícitos.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do Portal Aurora Notícias no (88) 99799-9345.

Aurora

Comentários