Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Vídeos

TV Diário do Sertão

Mais Acessadas

Pesquisar

Secretário da SSPDS se reúne com Sindipostos para tratar sobre recomendação na venda de combustíveis no Estado

Ainda durante a reunião, André Costa apresentou os projetos da Secretaria que ocorrem em parceria com a iniciativa privada – Foto: SSPDS

O secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, se reuniu, na tarde dessa terça-feira (26), com representantes do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado do Ceará (Sindipostos),para tratar sobre a recomendação emitida pela SSPDS, em janeiro, sobre a venda e transporte de combustíveis em recipientes, no Ceará. Estiveram presentes, o presidente e vice-presidente do Sindipostos, Manuel Novais Neto e Vicente Ferreira, respectivamente; e as advogadas do órgão, Samara Dias e Carolina Bandeira.

Durante os atos criminosos registrados nos primeiros dias de janeiro, quando muitas dessas ações foram realizadas com a utilização de líquidos inflamáveis, a Secretaria da Segurança emitiu uma recomendação ao Sindipostos sobre os cuidados acerca da venda de combustíveis em galões ou congêneres em recipientes. A venda avulsa desse tipo de material é fiscalizada pela Agência Nacional de Petróleo (ANP). De acordo com a resolução do órgão, a venda de combustíveis fora do tanque do carro só será permitida em recipientes que atendam às regras da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

“O próprio Sindicato já havia recomendado isso aos seus associados, mas foi importante também esse reforço da segurança pública. E nessa reunião de hoje ficou acertado que iremos oficializar novamente, dessa vez, visando flexibilizar essa recomendação. Insistindo apenas que o combustível seja colocado em recipientes que atendam às normas técnicas da ABNT, evitando, inclusive, que ocorram acidentes”, disse André Costa.

Parceria em tecnologia

Ainda durante a reunião, o secretário da SSPDS apresentou os projetos desenvolvidos pela Secretaria com parcerias realizadas pela iniciativa privada e pela sociedade civil organizada. “Tratamos, então, de uma parceria através do Sindipostos, para que tenhamos, especialmente, o acesso às câmeras dos mais de 500 postos associados, ao tempo que também vamos disponibilizar um sistema em que o acionamento da Polícia dispensa o 190. Isso por meio de um acesso bem mais simplificado com mais velocidade e rapidez no atendimento à demanda. Especialmente nos caso dos roubos”, revelou o secretário.

O gestor comentou ainda que a iniciativa da Segurança em ter acesso ao sistema de câmeras dos estabelecimentos comerciais é inspirado no projeto denominado “Green Light”, em inglês “Project Green Light Detroit”, criado pelo Departamento de Polícia de Detroit, nos Estados Unidos. Além da instalação de avisos na estrutura do estabelecimento, há ainda uma luz verde que alerta sobre a presença da Polícia naquele local, por meio do acompanhamento do videomonitoramento em tempo real.

“É importante para que a população saiba quais locais ela pode frequentar sendo sabedora que a Polícia também está participando do monitoramento daquele local e o acompanhando em tempo real. Dessa maneira, trazendo mais segurança aos usuários dos serviços públicos e também privados”, finalizou Costa.

SSPDS

Ceará

Comentários