Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Vídeos

TV Diário do Sertão

Mais Acessadas

Pesquisar

Famílias atingidas por enxurrada deixam as casas no Crato

As famílias vão receber cestas básicas e ficarão em moradias
 custeadas pelo aluguel social - Foto: Isaac Macêdo

As três famílias atingidas e desabrigadas pela enxurrada que atingiu o Crato, cidade do Cariri cearense vão receber uma ajuda social da prefeitura. A informação foi confirmada na manhã desta quarta-feira (20). A medida deverá valer, pelo menos, pelos próximos 10 meses.

Entre a noite da segunda-feira (18) e a madrugada desta terça (19), a cidade registrou a maior chuva do estado no período. Uma pessoa morreu, um canal transbordou e casas ficaram alagadas, além de uma série de outros estragos e transtornos registrados.

De acordo com a assistente social do município , Kelly Pedrosa, as três famílias, que somam 19 pessoas, aceitaram a ajuda depois de muita conversa. "Eles demonstravam resistência em sair, em receber ajuda. Ontem foi uma manhã inteira de conversa para poder eles irem para outras casas", disse.

Ainda segundo a assistente social, a partir de agora as famílias vão receber cestas básicas e ficarão em moradias custeadas pelo aluguel social. Elas devem ser acompanhadas durante os próximos 10 meses.

Com a chuva, muitas casas próximas ao canal do Rio do Granjeiro foram invadidas pela água. Moradores perderam móveis e alguns perderam tudo o que tinham em suas residências.

Um homem morreu ao tentar atravessar o canal a cavalo e ser arrastado pela correnteza do Rio Batateiras, em outro ponto da cidade.

Falha no sistema

A cidade tem um sistema de alerta da Defesa Civil, mas ele não funcionou. "Nós temos um sistema de alarme e não foi repassado para a gente que ia ter esse transtorno. Foi um caso atípico, nós não recebemos esse alerta", disse a coordenadora do órgão no Crato, Josimere de Melo Silva.

Fonte: G1 CE

Cariri

Comentários