Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Vídeos

TV Diário do Sertão

Mais Acessadas

Pesquisar

Fundação FASTEF apresenta projeto de Inclusão Social e Produtiva de Catadores em Aurora

Foto: Luiz Neto

A Fundação de Apoio a Serviços Técnicos, Ensino e Fomento a Pesquisa - FASTEF - apresentou nesta terça-feira, 26, no município de Aurora o e Projeto de Inclusão Social e Produtiva de Catadores (as) em Redes Solidárias no Estado do Ceará.

A apresentação do equipamento aconteceu na sede do Palácio Municipal do Poder Legislativo de Aurora, na Rua Dr. Guedes Martins, Bairro Araçá. O referido projeto faz parte do objeto do convênio MTE/SENAES, firmado entre o Ministério do Trabalho e Emprego/Secretaria Nacional de Economia Solidária (TEM/SENAES) e o Governo do Estado do Ceará, por meio das Secretarias das Cidades.

Os trabalhos foram explanados pela Técnica da instituição FASTEF, Bruna Guilherme do Nascimento, que na oportunidade esteve acompanhada pela catadora de material reciclável da sigla, Antonia Hercília Durval da Silva.

A principio, Bruna disse que o projeto trata especificamente acerca dos catadores (as); frisou que tratar de inclusão social é incluir a classe de catadores na sociedade. A técnica destacou outros pontos importantes do projeto, como por exemplo, roda de conversa e sugestões. Na mesma oportunidade, foi sugerida uma campanha de sensibilização dos comerciantes de Aurora.

O Secretário Municipal de Agricultura, José Dácio de Souza, fez uma analise sucinta concernente ao projeto, como também disse que a relação entre catadores (as) e o poder público ainda é muito grande, visto que a maioria prefere negociar o material reclinável à atravessadores.

A Coordenadora Municipal do Meio Ambiente, Rydleily Albuquerque, defendeu uma legislação vigente, capaz de fazer com que a população contribua com a preservação do meio ambiente, portanto, jogando o lixo no lixo.

A catadora, Antonia Durval, que segundo ela trabalha nesse projeto desde o ano de 1998, deu seu testemunho do quanto representa o trabalho do catador para a população de modo em geral. Disse inclusive que trabalhou como catadora de material reciclável, no estádio Castelão (em Fortaleza), na Copa do Mundo de 2014. Antonia falou os catadores têm a consciência de que os lixões irão acabar.

Participaram também do evento o Procurador Geral do Município, Helliosman Leite da Silva; o Secretário de Desenvolvimento Urbano e Infraestrutura, Wellington Cortez; os vereadores Cícero de Nequinho, José Ferreira, Osasco Gonçalves, Brasa, João Filho e Budú, esse último presidente da Câmara Municipal; Eliézio Luiz (Coordenador de Vigilância Sanitária), o Catador, Aparecido; representantes do Departamento de Limpeza Pública (DLP), Cipriano e Paulo Fugêncio, dentre outros participantes.

Assessoria de Comunicação/Luiz Neto

Aurora

Comentários