Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Vídeos

TV Diário do Sertão

Mais Acessadas

Pesquisar

Explosão destrói fábrica clandestina de fogos de artifício e atinge casas em Juazeiro do Norte

Fábrica clandestina de fogos de artifício funcionava no Bairro Frei Damião.
Foto: Isaac Macêdo/TV Verdes Mares

Uma explosão destruiu uma fábrica de fogos de artifício clandestina na manhã desta quinta-feira (2) no Bairro Frei Damião, em Juazeiro do Norte, na Região do Cariri do Ceará. Pelo menos seis pessoas ficaram feridas durante o ocorrido, segundo o Corpo de Bombeiros do município.

O major dos Bombeiros Noberto Santos disse que cinco pessoas estavam dentro da fábrica no momento da explosão. Uma delas estava trabalhando com a fabricação dos produtos.

"Aqui tomamos conhecimento que funciona uma fábrica clandestina de fogos de artifício. Uma casa que não tinha autorização para funcionar. Tinha cinco pessoas dentro da casa. Parte dessas pessoas eram moradores", disse o major.

Casas atingidas

O Corpo de Bombeiros informou que duas residências que ficam próximas à fábrica foram danificadas. De acordo com o tenente Eno, do Corpo de Bombeiros de Juazeiro do Norte, agentes da corporação foram direcionados ao local para apagar o fogo e socorrer as vítimas. A área foi isolada.

“Segundo informações de populares, [no local] funcionava uma casa clandestina de fogos de artifício. Estamos esperando a equipe terminar de fazer o rescaldo para ver se existe alguma vítima debaixo dos escombros”, disse o tenente.

Queimaduras pelo corpo

Ambulâncias do Samu também foram acionadas ao local. Segundo a enfermeira Ivanécia Sampaio, os feridos têm idades entre 21 e 31 anos. "Um das vítimas teve queimaduras extensas e os demais estão estáveis. A ambulância vai remover as vítimas e deve vir outra para atender outras possíveis vítimas", informou enfermeira.

Um dos feridos é um homem que trabalhava em uma obra em uma casa afetada pela explosão. Ele foi socorrido e encaminhado para o Hospital Regional de Juazeiro do Norte com queimaduras pelo corpo. Conforme a unidade de saúde, a vítima sofreu queimaduras de segundo e terceiro grau em cerca de 50% do corpo. O hospital solicitou uma vaga para transferir o homem ao Instituto Dr. José Frota (IJF), em Fortaleza.

As causas da explosão ainda não foram confirmadas. O responsável pelo local também não foi identificado. 

G1 CE

Cariri

Comentários